08/11/2017

Estudo no governo quer tirar R$ 1 mil de cada professor PSS

Técnicos da Secretaria da Fazenda preparam um estudo prevendo retirar R$ 500,00 por padrão dos professores em contrato temporário (aqueles contratados pelo Processo Seletivo Simplificado-PSS). Como cada professor trabalha geralmente em dois períodos, com dois padrões, isso significaria a perda salarial de R$ 1 mil.

A denúncia foi feita pelo líder do PT, Professor Lemos. Ele disse que há quase 30 mil professores PSS no Paraná. Se esse estudo fosse implementado, o governo lucraria só em 2018 mais de R$ 192 milhões.

O líder do governo, Luiz Cláudio Romanelli, posicionou-se frontalmente contrário à proposta, não apenas à sua implantação, como ao próprio estudo, dessa forma admitindo a veracidade da denúncia. Porém, afirmou que o governador Beto Richa “jamais aplicaria essa medida”.
 

Autor: Roberto Elias Salomão - Liderança do PT


Portal Liderança do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa do Paraná
Praça Nossa Senhora Salete s/n, Curitiba - PR - CEP: 80530-911
Telefone: (41) 3350-4157 / 3350-4396