20/09/2017

Lemos pede a Ratinho que apoie a formação da CPI

O líder do PT, Professor Lemos, fez um apelo aos deputados para que assinem o requerimento por uma Comissão Parlamentar de Inquérito-CPI  para investigar desvio das verbas destinadas à construção     e reforma de escolas estaduais.

Lemos dirigiu-se particularmente a Ratinho Júnior, que acaba de deixar o governo e reassumir sua vaga na Assembleia Legislativa, onde influencia uma bancada de mais de 10 deputados. 

Até agora, o requerimento tem 13 assinaturas. A bancada governista, como de hábito, recusa-se a qualquer investigação que ponha em xeque o governador Beto Richa.

“Fiscalizar é uma das funções mais importantes do Legislativo”, disse Lemos. “Uma CPI tem poder de justiça. Pode quebrar o sigilo bancário, fiscal ou telefônico dos envolvidos. Pode convocá-los para depor, fazer diligências, requerer o auxílio de outros órgãos, inclusive a polícia”.

Lermos citou dados referentes à empresa Valor, uma das seis envolvidas no escândalo da Operação Quadro-Negro. Citou várias escolas, cujas obras eram orçadas num determinado valor, não eram terminadas e o governo pagava à empresa uma quantia muito maior.

A delação de um diretor da Valor aponta diretamente para o envolvimento do governador Beto Richa, do chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, e vários deputados. O objetivo dos desvios seria alimentar o caixa 2 da campanha de reeleição de Richa.
 

Autor: Roberto Elias Salomão - Liderança do PT


Portal Liderança do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa do Paraná
Praça Nossa Senhora Salete s/n, Curitiba - PR - CEP: 80530-911
Telefone: (41) 3350-4157 / 3350-4396