10/08/2017

ENTREVISTA | Rosinha alerta para o desmonte da Unila em programa de rádio do Uruguai

Foto: Gibran Mendes

Em entrevista recente à agência de notícias e rádio internacional Sputnik Mundo, do Uruguai, o presidente do PT do Paraná, Doutor Rosinha, que exerceu o cargo de Alto Representante Geral do Mercosul de 2015 a 2017, falou sobre o quanto incomodava aos Estados Unidos da América os avanços da cidadania nos países do Mercosul, com os governos populares e legitimamente eleitos nas últimas décadas.

Na entrevista, cujo texto original está publicado em espanhol, Rosinha fala sobre a mudança de enfoque do bloco sulamericano, que hoje privilegia o econômico em detrimento dos interesses sociais e da cidadania. Ele faz referência à eliminação do cargo de Alto Representante Geral do Mercosul, à suspensão das cúpulas sociais do bloco e ao recente ataque no Parlamento Brasileiro à Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), seguido da omissão dos governos dos demais países.

Para ele, o ataque de iniciativa do deputado federal do PMDB do Paraná, Sérgio Souza, demonstra que temos um Congresso Nacional dominado pela “direita” e que não tem compromisso nenhum com a integração da América Latina. “Se os governantes da região, principalmente da Argentina e do Paraguai, tivessem um verdadeiro interesse na integração regional, eles contestariam essa proposta de destruição da Unila”, afirma Rosinha. “Mas existe um silêncio por parte dos países do Mercosul, o que significa que estão de acordo com sua destruição”, completa.

O presidente do PT-PR também destaca que o plano do governo de Temer é o plano aplicado mundialmente pelo grande capital financeiro, que não deseja que haja um estado-nação, que possua uma constituição e leis que construam sua soberania.

A reportagem do Sputnik também ouviu a opinião de Vítor Ramos, do Movimento Pátria Grande da Argentina, que lembra da história do Haiti, do ostracismo, bloqueio e das sanções e embargos impostos ao país colonizado pela França por ter promovido a libertação dos escravos, colaborado com Simon Bolívar e porque um presidente negro era visto como um mal exemplo naquela época.

Autor: PT Estadual


Portal Liderança do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa do Paraná
Praça Nossa Senhora Salete s/n, Curitiba - PR - CEP: 80530-911
Telefone: (41) 3350-4157 / 3350-4396