10/05/2019

CDHC debate solução para agricultores ameaçados de despejo na região de Clevelândia

O presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa, deputado Tadeu Veneri (PT), coordena audiência pública no dia 17 de maio em Clevelândia para debater a situação dos agricultores que ocupam áreas da massa falida da empresa Olvepar. São cerca de 140 famílias que estão nas Fazendas Chopim II, Fazenda Moraes e São Francisco de Sales, nos municípios de Clevelândia, Honório Serpa e Palmas. Os agricultores estão sendo ameaçados de despejo e o Incra, há anos, tenta negociar a compra dessas áreas para reforma agrária. A audiência terá a presença da deputada Luciana Rafagnin (PT) e dos deputados Professor Lemos (PT) e Arilson Chiorato (PT).

A audiência será no Centro Pastoral da Paróquia Nossa Senhora da Luz, em Clevelândia, a partir das 14 horas. A comunidade de agricultores pediu a ajuda da Comissão para que sejam agilizadas as negociações com a antiga empresa para a aquisição dos terrenos e instalação definitiva das famílias.

A Fazenda Chopim II (matrícula n° 1106), em Honório Serpa, que possui cerca de 200 alqueires, encontra-se ocupada por agricultores do MST desde 2004. No total são 24 famílias que exploram 7 alqueires cada, com produção agrícola e pecuária. O local foi contemplado com energia elétrica há cerca de 4 anos e possui uma grande área de reserva de vegetação nativa.

A Fazenda Moraes, de Clevelândia, está ocupada por famílias do MST há 14 anos. Possui cerca de 200 alqueires de área total, onde vivem 24 famílias em lotes de 5 alqueires, com produção agropecuária. A energia elétrica está instalada há 4 anos.

A Fazenda São Francisco de Sales, também de Clevelândia, possui duas matrículas em nome da Olvepar, onde são cultivados feijão, soja, arroz, milho, hortaliças. Numa dessas áreas, está instalado o acampamento Terra Livre.

Autor: Assessoria deputado Tadeu Veneri


Portal Liderança do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa do Paraná
Praça Nossa Senhora Salete s/n, Curitiba - PR - CEP: 80530-911
Telefone: (41) 3350-4157 / 3350-4396