16/04/2019

Aumento da jornada de pedagogas e pedagogos é discutido em audiência pública

As mudanças estabelecidas na Resolução 2/2019 da Secretaria de Estado da Educação (Seed), que aumentou a jornada de trabalho das pedagogas e pedagogos da rede estadual, foram discutidas na manhã desta terça-feira (16) em uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná. Entre os deputados que participaram da audiência estão Professor Lemos, membro da Comissão de Educação, Luciana Rafagnin e Tadeu Veneri. Também estiveram presentes representantes da APP-Sindicato e do governo do Estado.

Com a Resolução da Seed, que entrou em vigor em janeiro, a jornada de trabalho das pedagogas e pedagogos passou a ser cumprida em hora-relógio, e não mais em hora-aula. Com a medida, para cada padrão de 20 horas, os profissionais passaram cumprir 5 horas a mais nas escolas sem nenhuma contrapartida financeira.

Segundo Lemos, a medida causou grande insatisfação entre os servidores e vem causando inúmeros prejuízos ao ensino público. “A escola acaba ficando sem pedagogos em parte do tempo, o que não é bom para a comunidade escolar”. Ele disse que o governo precisa abrir o diálogo com a categoria. “O Secretário de Educação vem de fora, não conhece a realidade do Paraná, nunca atuou em escola pública, vem do universo empresarial. Ele precisa ouvir, escutar quem está fazendo a educação pública há muitos anos, a falta de diálogo não é boa”.

Durante o encontro, que contou com a presença do líder do governo, deputado Hussein Bakri (PSD), ficou decidido que representantes da APP-Sindicato vão se reunir na semana que vem com o Secretário da Educação, Renato Feder, e o secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva, para discutir o tema. “Precisamos avançar e chegar a um consenso para manter como era antes, o que não vai custar nada ao governo do Estado”, destacou Lemos.

Autor: Da Assessoria de Comunicação Liderança do PT


Portal Liderança do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa do Paraná
Praça Nossa Senhora Salete s/n, Curitiba - PR - CEP: 80530-911
Telefone: (41) 3350-4157 / 3350-4396