02/04/2018

Data-base vem aí, e o governo não diz nada

Após dois anos e meio sem reajuste salarial dos servidores estaduais, aproxima-se o 1º de Maio, data-base histórica dos trabalhadores, sem que o governo Beto Richa tenha se pronunciado sobre qualquer tipo de mensagem sobre reposição salarial. 

“O tempo está se esgotando. A mensagem precisa chegar à Assembleia para que possa ser votada e os servidores tenham a reposição acumulada do período em que ficaram sem reajuste”, disse o líder do PT, Professor Lemos.

O deputado disse que, medida pelo IPCA, a inflação de 2016 foi de 6,29%; a de 2017, 2,95%; e a projeção para os primeiros quatro meses de 2018 aponta um índice de 1,25%. Isso daria um acumulado de 11,78%, que é a perda salarial dos servidores nesse período. “Mas ainda há o 1% que deveria ter sido pago em 2016, para compensar o atraso no reajuste no ano anterior, de maio para outubro”, afirma Lemos.

O líder do PT lembrou ainda que a reposição medida pelo IPCA é determinada pela Constituição: “Não se trata de aumento salarial, mas mera reposição das perdas”.
 

Autor: Roberto Elias Salomão - Liderança do PT


Portal Liderança do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa do Paraná
Praça Nossa Senhora Salete s/n, Curitiba - PR - CEP: 80530-911
Telefone: (41) 3350-4157 / 3350-4396