27/02/2018

Veneri questiona por que autoridades demoraram tanto para denunciar as tarifas abusivas do pedágio

O deputado estadual Tadeu Veneri (PT) cobrou mais explicações do governo do Paraná sobre os desdobramentos da Operação Integração, que investiga o pagamento de propina para integrantes do governo tucano em troca da aprovação de aditivos que resultaram no aumento da tarifa de pedágio no Estado.

“No Paraná, nós temos uma das tarifas de pedágio mais altas do país. Os contratos feitos em 1998 geraram uma tarifa irreal. Além de ser obrigada a pagar esses valores, a população ainda não tem um serviço de qualidade. Convivemos com pistas simples a preços das melhores rodovias do mundo”, comentou.

Esta realidade já é bem conhecida da população paranaense, destacou Veneri, que considerou “curioso” que somente agora o Ministério Público Federal tenha se dado conta dos valores abusivos das tarifas de pedágio no Paraná.

Veneri destacou ainda que o atual governo do Paraná retirou todas as ações contra as concessionárias alegando que fez acordos. Mas o único resultado desses acordos é para as concessionárias, que continuam recebendo todos os reajustes tarifários sem cumprir o cronograma básico de obras.

Veneri assinou requerimento apresentado pela liderança da Oposição para que o governo forneça cópia do ato administrativo instaurado pelo Poder Executivo para apurar o caso e também se houve a exoneração dos servidores públicos envolvidos no escândalo. A oposição também requisitou informações sobre as atuais ações judiciais entre concessionárias e o Estado e aquelas que foram suspensas a pedido do Poder Executivo desde 2011.

Autor: Assessoria deputado Tadeu Veneri


Portal Liderança do Partido dos Trabalhadores da Assembleia Legislativa do Paraná
Praça Nossa Senhora Salete s/n, Curitiba - PR - CEP: 80530-911
Telefone: (41) 3350-4157 / 3350-4396